Gestão Financeira

Gestão Financeira de Recursos

O IEB faz a gestão financeira de recursos de doação através de linhas de atuação específicas

Entre essas linhas, podemos destacar:

  • A execução dos recursos junto a órgãos públicos, observando princípios financeiros e técnicos adequados
  • O estabelecimento de fundos de disposição para pagamentos diretos em favor de beneficiários
  • A contratação de consultores qualificados para execução de projetos e estabelecimento de contratos para fornecimento de bens e serviços

Proteção e Gestão Sustentável em Terras Indígenas

Implementado com financiamento do KfW (banco de desenvolvimento estatal alemão) e em parceria com a Fundação Nacional do Índio (FUNAI), tem o objetivo de fortalecer as unidades descentralizadas da FUNAI e realizar a proteção e gestão sustentável de áreas selecionadas na Amazônia: o Sul do Amazonas e o Maranhão. Período de execução: dez/18 a dez/2023.

Gestão dos recursos financeiros da indenização a famílias afetadas pelo desastre ambiental provocado pelo naufrágio do Navio Haidar

A ação tem como objetivo realizar a gestão dos recursos financeiros referente ao Acordo Judicial n. 1003217-76.2018.4.01.3900 (https://pje1g.trf1.jus.br), mediante Termo de Cooperação firmado entre o IEB e os órgãos como a Defensoria Pública da União, a Defensoria Pública do Pará, o Ministério Público do Estado do Pará, o Ministério Público Federal, o Município de Barcarena, a Procuradoria da União e a Procuradoria do Estado do Pará, o IEB é responsável pela gestão do recurso. O naufrágio ocorreu em outubro 2015 no Porto de Vila do Conde, município de Barcarena, causando a morte de 5 mil bois vivos que estavam no navio e o vazamento de quase 700 toneladas de óleo combustível que se espalhou por praias e igarapés da região, deixando mau cheiro e risco de contaminação destes recursos hídricos da região.

Essa ação também contempla atividades de mobilização e interlocução com lideranças locais de mais de 50 comunidades nos municípios de Abaetetuba e Barcarena; divulgação de informações às famílias afetadas; atendimento individual para o cadastro de dados pessoais e bancários de quase 7 mil famílias, com posterior pagamento de suas indenizações. Período de execução: 02/2018 a 04/2019.