Fala, Parceir@!

  December 18, 2019

Começa hoje (18/12) a série Fala Parceir@!, seis episódios em vídeo que apresentam o trabalho das instituições parceiras do CEPF Cerrado vêm realizando ao longo de três anos de colaboração, em municípios de diferentes regiões do bioma. São eles: WWF-Brasil, COPABASE, SAVE BRASIL, AXE (Associação Xavante Etenhiritipá), AQK (Associação Quilombo Kalunga) e Instituto Amada Terra/Projeto Pato Mergulhão.

Os vídeos não ultrapassam dois minutos de duração, têm legendas em inglês e serão apresentados a cada semana, começando hoje (18/12) com a cooperativa COPABASE – e reiniciando em janeiro, após o recesso de final de ano.

Cena do primeiro episódio: Copabase – Desenvolvimento Sustentável a partir do Cerrado

“Essa divulgação é importante porque não fazemos a conservação do Cerrado sozinhos. Cada um de nossos parceiros é essencial para o sucesso de nosso trabalho. Além disso, cada um dos projetos é valioso por si só e esse produto pode ser usado na estratégia de captação dessas instituições: para mostrar o que fazem, qual é o potencial da organização e seu valor específico na preservação do Cerrado”, explica Michael Becker, coordenador do CEPF Cerrado.

Fundo de Parceria para Ecossistemas Críticos (CEPF, na sigla em inglês para Critical Ecosystem Partnership Fundvem atuando desde 2000 para assegurar a participação e contribuição da sociedade civil na conservação de alguns dos ecossistemas mais ricos do mundo do ponto de vista biológico, porém atualmente ameaçados. O objetivo é promover a conservação em áreas biológicas de alta prioridade e numa escala de paisagem. A partir desta perspectiva, o CEPF identifica e apoia uma abordagem regional, envolvendo uma ampla gama de instituições públicas e privadas para atender as necessidades de conservação por meio de esforços coordenados.

Cena do primeiro episódio: Copabase – Desenvolvimento Sustentável a partir do Cerrado

Em 2013, o Conselho de Doadores do CEPF selecionou o bioma Cerrado como um dos hotspots prioritários e 7 milhões de dólares foram alocados para investimentos em projetos no período de 2016 a 2021. Entre os anos de 2016 e 2019 o CEPF Cerrado realizou três chamadas para apoio a projetos no Cerrado. Atualmente, o Fundo conta com aproximadamente 55 projetos, divididos em Grandes e Pequenos Projetos.

O CEPF é um programa conjunto da Agência Francesa para o Desenvolvimento, Conservação Internacional, União Europeia, Fundo para o Meio Ambiente Global (GEF), Governo do Japão e Banco Mundial, com vistas a oferecer financiamento para proteção de ecossistemas únicos e ameaçados – conhecidos também como hotspots de biodiversidade.

Encontro de parceiros do CEPF Cerrado (Foto: ©Acervo IEB)

Assista ao primeiro deles, sobre a COPABASE (Cooperativa de Agricultura Familiar Sustentável com Base na Economia Solidária), que busca, através do projeto “Práticas Sustentáveis de Produção Como Promotoras de Conservação da Biodiversidade no Sertão Urucuiano”, fomentar a comercialização dos produtos da agricultura familiar e promove o desenvolvimento sustentável a partir do Cerrado em pé na região do Corredor Sertão Veredas-Peruaçu, ao norte de Minas Gerais.