Equi-proportionality and macro-micro dynamics: challenges for the real participation of indigenous peoples’ in REDD+


O IEB produziu dois artigos sobre aspectos redistributivos relevantes às discussões recentes e crescentes sobre REDD+, Povos e Terras Indígenas. De co-autoria do especialista em mudanças climáticas e economia ambiental do IEB, Leonardo Hasenclever com o pesquisador associado do Instituto para Estudos do Desenvolvimento (Institute for Development Studies- IDS), Alex Shankland, refletem a contínua busca de conhecimento, amadurecimento e abertura crítica das organizações na construção de uma narrativa sobre as mudanças climáticas e em especial sobre o mecanismo de REDD+.

Os trabalhos são fruto da parceria com o IDS e expressam parte das reflexões e análises dos processos de discussão do Regime Nacional de REDD+ no Brasil influenciado e inserido na “agenda climática” mundial. O primeiro dos artigos acaba de ser publicado no IDSBulletin de maio (V42, N3, p80-88) e o segundo será publicado no Poverty in Focus do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), no final de julho de 2011.