Custos e Benefícios do Complexo Hidrelétrico Belo Monte: uma abordagem econômico-ambiental


Dentre os principais afluentes da margem direita do rio Amazonas está a sub-bacia do Rio Xingu, abrangendo uma área de 509.000 km². Próximo a Altamira, o rio Xingu sofre uma acentuada sinuosidade, onde existem pontos favoráveis à implantação de hidrelétricas devido a existência de quedas naturais. Em um desses planeja-se a construção da Usina Hidrelétrica de Belo Monte, projeto que gera polêmica desde os anos 80. Este documento analisa os custos e benefícios da mais recente configuração do projeto Belo Monte.

Autor:Wilson Júnior, John Reid
Ano de edição:2006.
Edição:4
Números de páginas: 90
Dimensões:19X25cm
Realização:CSF Apoio: IEB, Fundação Moore, Conservção Internacional