Programa Povos Indígenas do IEB está em Lábrea com Oficina do Projeto Nossa Terra

Com apoio da OPAN (Operação Amazônia Nativa) Oficina está tratando dos sete eixos temáticos da PNGATI que a FOCIMO executará nos próximos dois anos.

Durante toda semana, o IEB (Instituto Internacional de Educação do Brasil) realiza Oficina de Elaboração de Projeto da FOCIMP (Federação das Organizações e Comunidades Indígenas do Médio Purus), no âmbito do Projeto Nossa Terra, que conta com o apoio da USAID.

Na atividade estaremos reunidos com os Coordenadores Executivos e Regionais e o Conselho fiscal da FOCIMP para trabalhar o histórico das organizações indígenas no Brasil e na região do rio Purus. A Oficina acontece no auditório da Coordenação regional da Funai (Fundação Nacional do Índio) e conta com a presença de cerca de 20 indígenas.

Além disso trataremos a respeito  dos sete eixos temáticos da PNGATI (Política Nacional de Gestão Ambiental e Territorial de Terras Indígenas) e conceitos de associativismo para construir participativamente o projeto de implementação da PNGATI que a FOCIMP executará nos próximos dois anos.

Fundada em 2010, a FOCIMP luta pelos direitos dos povos indígenas da região, trabalha pela sustentabilidade ambiental e social de sua base e promove o diálogo e a comunicação entre o Purus indígena. Sua área de abrangência alcança os municípios de Beruri, Tapauá, Canutama, Lábrea Pauini e Boca do Acre. 







Comentários