IEB endossa nota de manifesto da APIB

O manifesto fala em nome de mais de quatro mil lideranças indígenas de todas as regiões do país, reunidos no XIV Acampamento Terra Livre 2017

O Instituto Internacional de Educação do Brasil (IEB) apoia o nota da Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (APIB) que denuncia o governo Michel Temer por adotar medidas nos três Poderes da República que prejudicam os povos indígenas.

O manifesto fala em nome de  mais de quatro mil lideranças indígenas de todas as regiões do país, reunidos por ocasião do XIV Acampamento Terra Livre, realizado em Brasília/DF de 24 a 28 de abril de 2017.

A organização cita ações que visam desmantelar políticas públicas que atendem de forma diferenciada povos indígenas, promover o sucateamento da Fundação Nacional do Índio (Funai) por meio de cortes em recursos humanos e orçamentários, ataques frontais aos direitos fundamentais dos povos indígenas com o objetivo de beneficiar o agronegócio, a mineração, as empreiteiras, setores industriais e outros oligopólios nacionais e internacionais.

A APIB também afirma que “Soma-se a essa grave onda de ataques aos nossos direitos o aumento exponencial do racismo institucional e a criminalização promovidos em todo o País contra nossas lideranças, organizações, comunidades e entidades parceiras.”

Confira aqui a íntegra da nota.







Comentários