IEB celebra o Dia Mundial da Água com alertas

Os recursos hídricos e o serviço que prestam são determinantes para a redução da pobreza, o crescimento econômico e a funcionalidade dos ecossistemas

A água é essencial para um futuro sustentável.  O equilíbrio entre disponibilidade e demanda de água é o que permeia todas as relações entre os diferentes atores sociais e econômicos de regiões, Países, Cidades, Estados, entre outros.

Os recursos hídricos e o serviço que prestam são determinantes para a redução da pobreza, o crescimento econômico e a funcionalidade dos ecossistemas. A água assegura a saúde, a alimentação, a energia, e melhora o bem-estar humano e o crescimento inclusivo, influenciando a sobrevivência de bilhões (WWAP, 2015).

O Fórum Econômico Mundial classificou a crise de água como a maior ameaça enfrentada pelas empresas. Além disso, as Nações Unidas, com os mais recentes Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, têm um foco renovado na água para "Assegurar a disponibilidade e gestão sustentável da água e saneamento para todas e todos".

À medida que as instituições em todo o mundo, desde multilaterais até empresas do setor privado, financiam e implementam os SDGs, é fundamental incentivar abordagens abrangentes, baseadas na ciência, para uma melhor gestão da água.

A Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável reconhece a natureza integradora e indivisível dos objetivos de sustentabilidade e a interligação de suas metas. Muitas metas não podem ser alcançadas sem o cumprimento do Objetivo 6 e vice-versa. Se a comunidade mundial se esforça por "não deixar ninguém para trás" durante a implementação da Agenda 2030, é essencial que as interligações entre os objetivos, suas interdependências -  positivas ou negativas - sejam compreendidas e ações sejam tomadas para reforçar sinergias e haver um equilíbrio entre as várias demandas.

Para exemplificar essa situação podemos considerar que o aumento de acesso ao saneamento básico e ao abastecimento de água terão um impacto positivo na redução das doenças transmitidas pela água e na redução da desnutrição ; apoiam a educação e até mesmo reduzem outras desigualdades. Neste caso, temos metas que reforçadas positivamente como o cumprimento do Objetivo 6.

No entanto, duplicar a produção agrícola e garantir a energia para todos podem levar a impactos adversos sobre os recursos hídricos e os ecossistemas.

Nesse sentido, o Objetivo 6 capta muito da essência de um princípio de Gestão Integrada de Bacia Hidrográficas, ou seja, equilibrar as necessidades dos diferentes setores e partes interessadas.

Para atender às diferentes necessidades dos usuários de água, é importante que cada objetivo e alvo sejam monitorados e esta informação seja compartilhada com todos os envolvidos. Dessa forma, as sinergias serão reforçadas, e no caso de interesses conflitantes soluções serão pensadas, elaboradas e colocadas em prática.

Compartilhar soluções e informação com transparência e monitorar os objetivos e metas relacionadas com os Objetivos 6 não só terão um impacto positivo nos objetivos relacionados com a água, mas será fundamental para atingir todos os outros 16 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável.

O IEB deseja e trabalha para que esses espaços de discussão e monitoramento sejam promovidos e que, cada vez mais, possamos tornar a gestão da água um tema que permeia toda a sociedade. #DiaMundialDaAgua

 

 

 







Comentários