IEB apoia APIB em nota de repúdio a violações dos direitos do povo Guarani

A APIB manifesta sua solidariedade ao povo Guarani de Jaraguá e alerta as suas bases a somarem forças contra as atuais medidas do atual governo.

O IEB (Instituto Internacional de Educação do Brasil) se solidariza com o povo Guarani apoiando o manifesto público da APIB (Articulação dos Povos Indígenas do Brasil) de repúdio à decisão do governo Temer de publicar por meio do Ministério da Justiça,

A Portaria 683, confina 700 guarani a apenas 1,7 hectare de terra, contrariando a lógica da progressividade do direito, os princípios basilares do direito originário e o entendimento recente da Suprema Corte sobre a ocupação tradicional dos territórios indígenas.

Para a APIB, essa ação é mais um ato de violação dos direitos indígenas por parte do atual governo.

Acompanhe a íntegra da nota da APIB.Nota APIB 230817.pdf

 







Comentários