Curso sobre gestão integrada discute experiências da região do sul do Amazonas

Gestores públicos, extrativistas e indígenas irão participar do curso em Rondônia
Foto: Sara Gaia/IEB
Foto: Sara Gaia/IEB

O Instituto Internacional de Educação do Brasil (IEB) e as organizações parceiras realizam de 6 a 10 de junho o primeiro módulo do Curso Gestão Integrada de Terras Indígenas e Unidades de Conservação no Sul do Amazonas, no Centro de Cultura e Formação Kanindé, em Porto Velho, Rondônia, com o objetivo de ampliar a discussão sobre a gestão integrada de Unidades de conservação e Terras Indígenas da região.

O curso será realizado em três módulos e faz parte do projeto Gestão Integrada de Terras Indígenas e Unidades de Conservação, executado pelo IEB em parceria com a Fundação Nacional do Índio (Funai), Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e associações indígenas e extrativistas do Sul do Amazonas, por meio do apoio da Fundação Betty e Gordon Moore.

O curso tem como referência algumas áreas onde os gestores públicos, extrativistas e indígenas já estão dialogando. A pretensão é que os cursistas partam das suas próprias experiências de gestão e conhecimentos para construir uma compreensão mais ampla sobre a temática, conheçam instrumentos de gestão integrada, bem como do funcionamento dos órgãos gestores locais, otimizando ações e estabelecendo parcerias.

O curso vai contar com a participação Jonas Sansão, professor indígena, que vai contar sobre a experiência do Projeto Frutos do Cerrado, da etnia Timbira do Maranhão e Tocantins.







Comentários